SOBRE

     A bacia hidrográfica do rio Capibaribe tem no Estado de Pernambuco abrangência regional
(mesorregiões agreste, mata e litoral), com área de 8.827,6 km 2 , representando cerca de 9% do Estado.
Na mesorregião Metropolitana do Recife (RMR) possui uma área de 2.785,4 km², o equivalente a 2,8% do
território pernambucano (ANDRADE, 2009). Seu curso é dividido em três partes: o alto e o médio curso,
situados no Polígono das Secas, onde o rio apresenta regime temporário (cheio sazonalmente) e o baixo
curso, quando se torna perene, a partir do município de Limoeiro, no agreste do Estado. Com relação à
precipitação anual média na bacia é de 1095 mm, variando de 500 mm, no Agreste a 2000 mm, no Litoral.
(PERNAMBUCO, 2009). Desde a nascente, entre os municípios de Poção e Jataúba, à sua foz, no
Oceano Atlântico, na localidade da cidade do Recife, o rio corta 42 municípios. Sua bacia apresenta um
ambiente complexo que abrange desde um rio temporário a um dos maiores estuários urbano brasileiro,
evidenciando-se contrastes climáticos, de relevo, de solos, de cobertura vegetal, de ecossistemas e
socioeconômicos que demandam um conhecimento local para se observar as suas peculiaridades sub-
regionais.


     O Rio Capibaribe está entre um dos maiores e mais prejudicados patrimônios naturais da capital
Recife, dessa maneira, manifestações de cunho científico buscando conhecer a atual situação dessa baciahidrográfica se fazem necessárias para que ocorra uma sensibilização e se repense as atitudes da
sociedade e do poder público perante a questão. Encorajar o surgimento de um novo modelo de
sociedade em que a preservação dos recursos naturais seja compatível com o bem-estar socioeconômico
são fundamentais para o desenvolvimento do Estado, como também na formação acadêmica de jovens
universitários.


      Nesse sentido um somatório de esforços envolvendo uma ação interinstitucional compreendendo
as universidades do Estado de Pernambuco (UFRPE, UFPE e UPE), o Espaço Ciência, a SBPC-Regional PE, a Escola Ambiental Águas do Capibaribe, o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Capibaribe e a ONG Recapibaribe preparam um encontro de cunho científico e social, buscando uma
visão ampla do atual cenário do Capibaribe para dar visibilidade a sua importância socioeconômica e
ecológica e seu avançado estado de degradação, dentro do princípio de que se faz necessário conhecer
para conservar.

REALIZAÇÃO
Espaço Ciência.png
Espaço Ciência
SBPC-PE
Bioma Brasil
UFRPE.png
Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE)
Universidade de Pernambuco (UPE)
Comitê Bacia Hidrográfica Capibaribe
Recapibaribe
PRAE
Escola Ambiental Águas do Capibaribe

© 2018 por Matheus Veras e Yasmim Gomes

  • Preto Ícone Instagram
  • Facebook Social Icon
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now